Obras de infraestrutura regional são solicitadas pela AMAU ao governador

43

Obras de infraestrutura regional são solicitadas pela AMAU ao governador

Durante a agenda do governador do RS, Eduardo Leite, em Ponte Preta, na semana passada (20), durante a assembleia ordinária da AMAU, lhe foi entregue uma relação de demandas prioritárias para o Alto Uruguai Gaúcho.

As solicitações em infraestrutura, pauta a grande maioria dos pedidos: “essas obras são fundamentais, para que a região dê um salto em seu desenvolvimento, atraindo investidores, melhorando a qualidade de vida das pessoas”, pontua o presidente da AMAU e prefeito de Barra do Rio Azul, Marcelo Arruda.

As obras elencadas no ofício, engloba toda a região. Uma delas que é de ligação com outras regiões do RS, é a concessão da ERS 135, frente inúmeros acidentes ocorridos na rodovia e a necessidade eminente da duplicação do trecho entre Erechim e Passo Fundo.

A atualização dos projetos e licitações para os acessos asfálticos de três municípios – Entre Rios do Sul, Faxinalzinho e Quatro Irmãos – também foram solicitados pela AMAU ao governador.

A agilização da ordem de início dos 5 quilômetros do acesso a Benjamin Constant do Sul, é mais uma das demandas apresentadas.

Outra obra de ligação regional, foi abordada como prioritária para a região, que são os 12 km entre Carlos Gomes e Centenário na ERS 477, que irá conectar a região do Alto Uruguai com a AMUNOR. O valor desta obra é de quase R$ 19,3 milhões.

A pavimentação do trecho de 6,3 km de Erebango até a ERS 135, beneficiará também a conexão do acesso a Quatro Irmãos, através de convênio municipal no valor aproximado de R$ 12 milhões, também está entre as obras de infraestrutura, solicitadas pela AMAU.

Na mesma lógica de unir regiões, para buscar desenvolvimento, se busca também a liberação de recursos para convênio entre o Estado e município de Campinas do Sul, para conclusão da construção da ponte sobre o a barragem do Rio Passo Fundo, conectando as regiões da AMAU e AMZOP. Essa ponte liga Campinas do Sul a Ronda Alta e o valor do convênio, para seu término gira em torno de R$ 7,77 milhões.

Também foi solicitado ao governador a implantação asfáltica da ERS 491, que liga o município de Marcelino Ramos até a BR 153. Faltam 18 km nesse trecho, fundamental para o desenvolvimento do turismo regional, num investimento previsto de R$ 30 milhões.

O presidente da AMAU, Marcelo Arruda, salienta que o governo do RS, vem dando uma atenção especial ao Alto Uruguai nos últimos anos, com diversas ações, principalmente nos acessos asfálticos de vários municípios: “agradecemos o empenho do governador Eduardo Leite até agora, mas precisamos de mais investimentos, para o Alto Uruguai estar realmente conectado com todas as demais regiões que o circundam, trazendo o desenvolvimento para os 32 municípios”, finaliza Arruda.

Artigo anteriorSeminário Diocesano N. Sra. de Fátima manifesta gratidão aos professores e religiosas que nele atuam em seus 70 anos
Próximo artigoBolinho de batata-doce simples