Melão-de-são-caetano: para que serve e como usar.

1193

O melão-de-são-caetano, também conhecido como melão amargo, erva-de-são-caetano, fruto de cobra e melãozinho, é uma planta medicinal com ação cicatrizante e antimicrobiana, sendo muito usada para ajudar no tratamento de alguns problemas de pele, como picada de inseto, feridas ou eczema, que é uma inflamação na pele causada por alergia a algum medicamento, tecidos ou cremes, por exemplo.
Além disso, essa planta medicinal, cujo nome científico é Momordica charantia, também possui ação hipoglicemiante, podendo ser indicado na forma de chás para complementar o tratamento da diabetes. Veja outros chás para complementar o tratamento da diabetes.

O melão-de-são-caetano é geralmente encontrado em feiras locais e mercados municipais, tem um sabor amargo e pode ser usado em receitas, como suco, refogados e saladas. Além disso, as folhas dessa planta também podem ser usadas para preparar chás e compressas, por exemplo, ou ainda encontrada na forma de cápsulas.
Para que serve o melão-de-são-caetano
Entre as propriedades do melão-de-são-caetano estão a ação cicatrizante, anti-reumática, hipoglicemiante, antibiótica, antiviral, antidiabética e adstringente. Assim, essa planta pode ser usada para:

Regular os níveis de açúcar no sangue, ajudando, por isso, no tratamento da diabetes;
Ajudar no tratamento de problemas de pele, como feridas, lesões e eczemas;
Aliviar as picadas de insetos;
Ajudar no tratamento da prisão de ventre.
O melão-de-são-caetano também é eficaz no processo de desintoxicação, ajudando a eliminar toxinas do organismo pela urina, fezes ou suor, após o uso prolongado de medicamentos ou excessos na alimentação, por exemplo. Veja outras sugestões para ajudar a desintoxicar o organismo.

Como usar
O melão-de-são-caetano pode ser consumido em preparações como sucos, picles, saladas ou refogados. Além disso, as folhas dessa planta também são usadas para o preparo de chás e compressas, para serem aplicadas na pele.
1. Chá de melão-de-são-caetano
O chá de melão-de-são-caetano pode ser indicado para complementar o tratamento de diabetes e para ajudar no combate à verminose, por exemplo.

Ingredientes

1 colher de sopa de folhas de melão-de-são-caetano;
1 xícara de água fervente.
Modo de preparo

Colocar as folhas do melão-de-são-caetano em uma xícara com a água fervente. Tampar e deixar repousar por 10 minutos. Coar e beber de 2 a 3 xícaras por dia, por no máximo 8 semanas, conforme orientação do médico ou do fitoterapeuta.

O chá de melão-de-são-caetano também pode ser usado em compressas para aplicar sobre a pele com lesões, feridas, sarna ou eczemas.

2. Cápsulas de melão-de-são-caetano
O melão-de-são-caetano pode ser também encontrado na forma de cápsulas, em farmácias de manipulação ou lojas de produtos naturais, preparados com o extrato seco dessa planta medicinal.

As doses podem variar de acordo com a quantidade de melão-de-são-caetano na composição das cápsulas, e por isso seu uso deve ser feito apenas com orientação do médico ou de um profissional com experiência em plantas medicinais, com doses individualizadas.

Possíveis efeitos colaterais
O melão-de-são-caetano pode causar efeitos colaterais como dor abdominal, desconforto no estômago, úlcera gástrica, dor abdominal, dor de cabeça, vômitos, diarreia, palpitação, nefrite ou sangramento vaginal.
Fonte: Tua Saúde

ViaTua Saúde
Artigo anterior7 possíveis benefícios do vinho para a saúde
Próximo artigoGeleia sem Açúcar de Abacaxi