Brasil vence o México nos pênaltis e está na final em busca do bicampeonato olímpico
Com drama, seleção brasileira triunfa por 4 a 1 nas penalidades e agora espera Espanha ou Japão para a decisão da Olímpiada
Mais de 120 minutos foram necessários para decidir quem avançaria até a final do futebol masculino dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, na manhã desta terça-feira, no estádio Ibarashi Kashima, no Japão, no confronto entre Brasil e México, os dois últimos campeões olímpicos. Em duelo equilibrado do começo ao fim e de placar fechado no tempo normal e na prorrogação, a seleção brasileira venceu nas penalidades, por 4 a 1, com destaque para a frieza dos jovens brasileiros, comandados pelo experiente Daniel Alves, de 38 anos, na hora de converter suas cobranças.

Agora, a seleção, que já garantiu mais uma medalha para o país, espera o vencedor da partida entre Espanha e Japão para conhecer o adversário na final que será disputada no próximo sábado. Essa é a terceira decisão consecutiva dos Brasil em Olímpiadas.
Com a bola rolando, um confronto digno de duas equipes que já tiveram a medalha de ouro no peito. Mais posse para o Brasil, maior aplicação defensiva do México. Marcado por duas chances para cada lado, o tempo regulamentar e a prorrogação foram também de muitas faltas e um duelo picotado e tenso. Nos pênaltis, o goleiro Santos defendeu uma, o zagueiro Vazques desperdiçou outra, e os cobradores canarinhos tiveram 100% de aproveitamento.

Fonte: Correio do Povo

Artigo anteriorABOBRINHA REFOGADA COM BACON
Próximo artigo