Sobe para 76 número de cidades em situação de emergência devido a estiagem no RS

0
414

Subiu de 74 para 76, desde o fim de semana, o número de cidades gaúchas que decretaram situação de emergência em função da estiagem no Rio Grande do Sul. Os documentos começaram a ser emitidos em 23 de dezembro. Entraram para a relação os municípios de Campos Borges e Fortaleza dos Valos. Outras 13 prefeituras relataram danos pela falta de chuva mas ainda não emitiram decreto.

Por região, as mais afetadas até o momento foram o Vale do Rio Pardo (15 cidades), Centro-Serra (15), Central (12) e Costa Doce (10). O governo estadual, que segue sem homologar qualquer pedido, ressalta que os registros de emergência devem se dar por falta de água para consumo humano e prejuízos a pequenos agricultores, que tiveram a subsistência ameaçada. Uma vez decretada a situação de emergência, o prazo é de 20 dias para a cidade concluir o processo com o envio da documentação.

A Defesa Civil Estadual também distribuiu reservatórios móveis para as comunidades mais afetadas – 22, até o momento. Foram emprestadas 34 unidades de Viniliq Pipa (reservatório de água móvel), com capacidade de 4,5 mil litros cada.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta