Patram recolhe pássaros silvestres mantidos irregularmente em Barão de Cotegipe

Uma denúncia anônima, levou a PATRAM de Erechim até diversas residências na cidade de Barão de Cotegipe, onde foram localizados e apreendidos diversos pássaros silvestres de várias espécies que eram comercializados ilegalmente, sendo criados sem autorização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Como os criadores não possuíam autorização para manter os pássaros em casa, os mesmos responderão a um termo circunstanciado por caçar ou apanhar espécies da fauna silvestre sem a devida permissão. Além de responderem à infração penal, terão de pagar multa de R$ 24,5 mil – R$ 5 mil por pássaro que está na lista de animais em extinção e R$ 500 para cada um dos que não compõem esta lista.

Os pássaros apreendidos foram encaminhados a uma triagem para verificar a possibilidade de serem soltos novamente ao habitat natural. Participaram das apreensões, juntamente com a Patram, a Policia Civil e a Brigada Militar de Barão de Cotegipe.

Fonte: Atmosfera online

Artigo anteriorMegaoperação no Presídio de Erechim encontra armas, drogas e celulares
Próximo artigoValor de imóvel financiado com FGTS passa para R$ 1,5 milhão