Santa Terezinha terá novo Pronto Socorro

0
864

Santa Terezinha terá novo Pronto Socorro

Depois de 8 anos, Hélio Bianchi reassumiu a direção executiva da Fundação Hospitalar Santa Terezinha (FHST) – cargo que ocupou entre 2001 e 2008 no governo do ex-prefeito Zanella (com interrupção de um ano em 2006). E o novo-velho diretor já definiu suas prioridades. Entre elas, está a ampliação do Pronto Socorro do hospital, por onde passam cerca de 500 pessoas-dia. A obra, que deverá ser viabilizada com R$ 2 milhões da prefeitura de Erechim, deve estar concluída no 1º semestre de 2018 e busca, segundo Bianchi, humanizar o atendimento, a partir da readequeação do fluxo, além de preparar o ‘terreno’ para a vinda do curso de Medicina. Além dela, estão previstas, ainda, a duplicação dos leitos da UTI e a conclusão da Unidade do Câncer (Unacon), também no ano que vem.

Sobre a renegociação dos contratos médicos, Bianchi afirma que a repactuação dos valores é vital para equilibrar as contas do nosocômio, que seguem no vermelho – mesmo com o aumento do repasse dos municípios da Amau (que passaram a pagar R$ 500,00 por AIH, diante dos R$ 200,00 de 2016).

A discussão do momento, no entanto, se dá em torno do serviço de traumato-ortopodeia – uma vez que a atual empresa teve seu contrato rescindido pelo hospital, com fim do atendimento previsto para o dia 17 de agosto. Nesta 4ª- feira, 2, foi realizada licitação para definir um novo prestador do serviço, porém, não houve interessado. Diante disso, Bianchi estuda saídas legais, entre elas a assinatura de contrato emergencial.

Atualmente, são realizadas 280 cirurgias por mês no setor de traumato do Santa – número que o diretor garante que será mantido. O total de atendimentos, todavia, deve sofrer redução, a partir do estabelecimento da regulação e de protocolos mais rígidos. Bianchi, porém, garante que a população não será prejudicada. ‘Trabalhamos com a ideia de humanizar o atendimento, obedecendo a protocolos mais rígidos e evitando desperdícios’, conclui.

Deixe uma resposta