Padres da Diocese realizam curso anual sobre Maria, Mãe de Jesus

Padres da Diocese realizam curso anual sobre Maria, Mãe de Jesus:

No AnoNacional Mariano e Diocesano do Centenário das Aparições de Fátima, os
padres da Diocese de Erexim estão realizando seu curo anual de formação
permanente, desta terça-feira a esta quinta-feira, no Seminário de Fátima,
sobre o tratado de Maria no Novo Testamento, com assessoria do teólogo Pe.
Paulo Roberto Gomes, da Diocese de Leopoldina, MG. Pe. Paulo apresentou uma
visão geral dos 4 evangelhos para se entender a figura de Maria no contexto
de cada um deles, seus destinatários e enfoques específicos. Em
continuidade, o assessor analisa as passagens do Novo Testamento que falam
de Maria e sobre ela, destacando que ela é a mais perfeita discípula e
missionária de Cristo. O assessor dá um destaque especial ao que disse
Martinho Lutero, que há 500 anos desencadeou a Reforma, em relação ao hino
de Maria, conhecido como Magnificat. Pe. Paulo Roberto Gomes nasceu no dia
28 de outubro de 1964, em Muriaé, MG, onde foi ordenado padre no dia 21 de
setembro de 1990. Além dos cursos de filosofia e teologia, fez mestrado e
doutorado em teologia sistemática na PUC do Rio de Janeiro; especialização
em Ciências da Religião na Universidade Federal de Juiz de Fora; teologia
bíblica no Instituto Bíblico Verbo de São Paulo. Atuou em diversas
paróquias, sendo atualmente Pároco em sua terra natal e coordenador de
pastoral da Diocese de Leopoldina. Tem diversos livros publicados. Tem
diversos livros publicados. Os mais recentes são: O Deus impotente, o
sofrimento e o mal em confronto com a Cruz, Editora Loyola. É a sua tese de
doutorado; A casa da Teologia, em parceria com Ir. Afonso Murad e Suzi
Ribeiro, Edições Paulinas; Da terra ao céu, escatologia e perspectiva
dialogal, com Ir. Afonso Murad e Carlos Cunha, Edições Paulinas; Os
sacramentos e a saúde psicológica, Editora Vozes. É também autor de diversos
opúsculos publicados pela Conferência dos Religiosos do Brasil, CRB.

Artigo anteriorVotação de denúncia contra Temer pode ocorrer a partir de quarta-feira
Próximo artigoAs principais alterações da Reforma Trabalhista