Chuva forte e vento causam transtornos em Erechim

0
1078

Pouco depois das 18 horas, desta segunda-feira, 2 de janeiro, uma forte chuva, acompanhada de vento atingiu Erechim, causando estragos e transtornos a moradores de vários bairros, neste primeiro dia útil de 2017.

No centro da cidade era possível ver pessoas buscando lugares seguros para se abrigar e ao redor do Parque Longines Malinowski várias outras foram surpreendidas pela forte chuva.

No Bairro José Bonifácio,baixada da Rua Pernambuco, as bocas de lobo não suportaram a quantidade de água e a via ficou totalmente alagada. Alguns carros arriscaram passar, outros não.

Casas e oficinas próximas foram inundadas. Numa oficina mecânica a água subiu mais de meio metro, alagando praticamente todo o estabelecimento. Segundo o proprietário esse problema é recorrente: “Arrumaram a parte de cima da Rua Sidney Guerra e não a parte de baixo. Cada vez que ocorre uma enxurrada sofremos os mesmos problemas”.

Ainda na Rua Sidney Guerra (próximo ao Bigolin), moradores acabaram fechando a via comoforma de chamar a atenção do setor público, para que este encontre uma solução para o problema que se repete a cada chuva forte. No local, de acordo com um morador, a obra estaria inacabada. Já na travessa da Rua Carlos Demoliner, que liga as ruas Sidney Guerra e Pernambuco, a obra ficou por meses parada e até então não foi concluída.

Na Rua Catharina Basso, também no bairro José Bonifácio, várias casas foram alagadas e os vizinhos, em sistema de mutirão, se ajudaram para evitar estragos maiores. O local, que dá numa rua sem saída sofre com este problema há muito tempo. Foi feita uma obra na área há cerca dedois anos, o que amenizou o problema, porém quando o volume de chuva é grande e acontece num espaço curto de tempo, as casas acabam invadidas.

No bairro Morada do Sol a força da água invadiu a garagem de um prédio. No Loteamento do Rio Tigre e no Bairro Linho chuva de pedra foi registrada por alguns instantes.

No Bairro Roselândia, na baixada da Rua José Reinaldo Angonese no entrocamento com as Ruas Rubio Brasiliano, Gregório Devens e Catharina Basso os bueiros também não deram conta do excesso de água e a via ficou totalmente alagada.

A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros, neste momento, estão prestando atendimento em vários pontos de Erechim.

Deixe uma resposta