Número de vistos dos EUA negados a brasileiros deve triplicar em 2016.

0
977

A quantidade de solicitações negadas de vistos para entrada nos Estados Unidos deve triplicar em 2016, ficando um pouco  acima dos 15% este ano. Isso representa quase o triplo de 2015 (5,36%) e quíntuplo (3,2%) de 2014. Números absolutos ainda não foram divulgados, mas uma das principais razões para o aumento da recusa de visto para cidadãos brasileiros é a intensificação da crise econômica no país e a percepção de que há mais chances de que eles se estabeleçam ilegalmente no país para trabalhar.

“Os índices serão apresentados na próxima segunda-feira (28). A embaixada americana não quis comentar as informações obtidas pela reportagem.

Na União Europeia, houve aumento de 41% no número de brasileiros barrados nas fronteiras no segundo trimestre deste ano –945, ante 669 no mesmo trimestre de 2015, segundo relatório divulgado pela Frontex.

A Folha obteve um relatório do Itamaraty publicado nesta segunda (21) criticando a proposta de prorrogar a isenção unilateral de vistos para turistas americanos, canadenses, japoneses e australianos, que valeu de 1º de junho a 18 de setembro deste ano, por causa da Olimpíada.

Um dos motivos da oposição do ministério à proposta é a alta da recusa de vistos por parte dos americanos e o provável endurecimento da política migratória no governo de Donald Trump.

Na visão do Itamaraty, não faz sentido isentar americanos de visto no exato momento em que eles barram um número crescente de brasileiros.

O levantamento do Itamaraty mostra que não houve aumento significativo no fluxo de turistas especificamente em decorrência da isenção de vistos.”

Deixe uma resposta