Superintendente da Receita Federal esclarece investigação em Erechim

0
35

Superintendente da Receita Federal esclarece investigação em Erechim

O superintendente da Receita Federal do Rio Grande do Sul, Paulo Renato da Silva Paz, falou com exclusividade à redação do Jornal Bom Dia e esclareceu detalhes da Operação Conexão Venezuela.

Segundo Paulo Renato a investigação sobre os crimes de sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e organização criminosa, iniciaram há três anos, a partir de uma auditoria da Receita Federal em uma trading com sede na região Norte do RS. A empresa que atua como intermediária entre empresas fabricantes e compradoras, em operações de exportação e de importação, registrou valores conflitantes em documentos fiscais vistoriados por uma auditor da Receita Federal, inclusive em receitas e despesas, além de vias fiscais com valores diferentes.

A descoberta resultou em avanço nas investigações e na identificação de pessoas jurídicas no Rio Grande do Sul e em São Paulo, realizando transações financeiras atípicas, supostamente no exercício de atividade de intermediação de exportação de máquinas e implementos agrícolas do Brasil para a Venezuela. O superintendente da Receita Federal não descarta a possibilidade de crime financeiro, pois envolve empresas da Venezuela e bancos do Panamá, Estados Unidos e Suíça.

Paulo Renato da Silva Paz, ressaltou que os nomes dos envolvidos não serão divulgados, conforme procedimento padrão adotados nestes casos de investigação. Sobre o envolvimento de empresas e pessoas de Erechim,  Paulo Renato da Silva Paz ressaltou que “dificilmente os envolvidos não sabiam dos fatos”. 

Nesta fase da investigação a Receita Federal e a Polícia Federal irão analisar documentos apreendidos e coletar depoimentos.

Deixe uma resposta