Saiba como adotar as cartinhas da campanha Papai Noel dos Correios

0
779

Desde quarta-feira (23), os gaúchos podem adotar cartinhas da campanha Papai Noel dos Correios, realizada há 27 anos no Rio Grande do Sul. Os principais objetivos são promover a educação e o incentivo à escrita, além de atender aos pedidos de crianças em situação de vulnerabilidade social.

Em Porto Alegre, a adoção será realizada na Casinha do Papai Noel dos Correios, localizada no Espaço Cultural Correios (Rua Sete de Setembro, 1020 – térreo do Memorial do Rio Grande do Sul, no Centro Histórico).

O horário será de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h30 e aos sábados, das 9h às 12h. Já no interior, a campanha acontece nos municípios onde existe estrutura operacional para a realização das entregas. Confira os municípios participantes no site.

Como funciona a campanha
Os Correios entram em contato com as escolas e instituições selecionadas pelas Secretarias de Educação e pela Fundação de Assistência Social e Cidadania de Porto Alegre para orientações da campanha.

As cartas enviadas pelas escolas e instituições selecionadas são recebidas e lidas por uma equipe dos Correios. Na carta, a criança deve relatar sua história e fazer o pedido de brinquedos, material escolar, roupas, calçados ou bicicletas. Cartas com pedidos de alimentos em geral ou equipamentos eletrônicos não são aceitas. Também não são aceitas mais de uma carta por criança.

Após a seleção das cartas, elas são disponibilizadas para adoção apenas nos locais indicados pela empresa. Os presentes são entregues pelos padrinhos no mesmo local em que a carta foi adotada para depois serem entregues pelos Correios nas escolas e instituições que participaram da campanha. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar o cumprimento desse critério, os endereços não são informados ao padrinho.

Deixe uma resposta