Promessa cumprida, objetivo alcançado e possibilidade de Gre-Nal: o saldo da vitória do Grêmio contra a Católica

0
61

Renato prometeu e cumpriu. A vitória por 2 a 0 contra a Universidad Católica na quarta-feira (8), na Arena, assegurou a classificação do Grêmio às oitavas de final da Libertadores. O adversário na próxima fase do torneio será conhecido a partir das 21h30min da próxima segunda-feira, em sorteio que ocorrerá na sede da Conmebol, no Paraguai. Os jogos, no entanto, serão apenas no retorno após a parada da Copa América, com a ida entre os dias 23 e 25 de julho e a volta entre 30 de julho e 1º de agosto.

O que o Tricolor já sabe é que a partida decisiva será fora de casa, visto que garantiu a vaga na segunda posição do Grupo H. Assim, enfrentará um dos oitos primeiros colocados — entre eles o Inter. Sobre a possibilidade de o sorteio definir um Gre-Nal logo nas oitavas, o diretor de futebol Alberto Guerra garantiu que a equipe está preparada para encarar qualquer adversário.

— Vamos aguardar o sorteio com tranquilidade. Nosso coirmão é uma das possibilidades, está fazendo boa campanha na Libertadores. Se der Gre-Nal, que venha. Respeitamos, mas não tememos — afirmou.

A declaração de Guerra vai ao encontro do que disse o técnico Renato Portaluppi após o jogo. Sobre o próximo adversário na principal competição do continente, o treinador assegurou que o time estará pronto, independentemente de quem será o rival.

— Tem muita coisa para acontecer, mas sem dúvida alguma nosso maior rival é um grande clube, assim como o Grêmio, e estamos preparados para enfrentar qualquer adversário. Confio muito no meu grupo — disse.

Ao longo dos 30 minutos da entrevista coletiva, Renato reiterou a confiança no elenco e falou sobre a certeza de que o clube avançaria na Libertadores. Para ele, esse crédito se deve à qualidade das peças que tem em mãos.

— Não adianta bancar uma coisa se a gente não confia no grupo. No momento em que a gente fala as coisas, é em cima do que conhecemos. E toda vez em que a gente banca, se concretiza — ressaltou.

Junto ao técnico na entrevista estava Michel, que fez uma grande partida, inclusive dando a assistência para o gol de Alisson, primeiro na partida. Ele falou sobre ter voltado a atuar como volante e comentou as oportunidades recebidas como zagueiro:

— Minha posição de origem é volante. Como já falei antes, me sinto bem como zagueiro e toda vez que tiver a chance de jogar ali estarei preparado. Isso é muito bom para eu estar jogando, mas gosto mais de jogar como volante.

Também foi confirmado ao longo da coletiva que o Grêmio terá a ausência de Jean Pyerre na partida contra o Corinthians, no próximo sábado, às 19h, em São Paulo. Com dores no ombro, Renato optou por entregá-lo ao departamento médico e não sabe quando terá o atleta à disposição novamente.

 Ele vai parar neste final de semana para tentar resolver o problema no ombro. Quando o Jean vai voltar eu não sei. Pode ser que seja na outra semana, mas ele precisa se recuperar. A partir de amanhã (quinta-feira, 9) será entregue ao departamento médico — explicou.

Com o primeiro dos três objetivos definidos para o período que antecede a pausa para a Copa América — que ocorrerá no Brasil entre 14 de junho e 7 de julho — alcançado, resta ao Tricolor se recuperar no Brasileirão após duas derrotas e um empate e arrancar bem nas oitavas de final da Copa do Brasilcontra o Juventude, primeiro em 16 de maio e, depois, em 4 de junho.

Fonte: Gaúcha ZH

Deixe uma resposta