Poucos pontos e zagueiro na mira: a repercussão do empate do Grêmio com o Corinthians

0
83

Até a reapresentação, nesta terça-feira (14), o Grêmio ainda permanecerá olhando para duas situações. A primeira, e mais urgente, é o começo de apenas dois pontos em 12 disputados no Brasileirão. A segunda, a busca por um zagueiro, que parece estar mais próxima de um desfecho.

Sobre o jogo, foi quase unânime a repercussão do empate, fora de casa, com o Corinthians. O 0 a 0 em Itaquera, por si só, é um bom resultado. O problema é o que ocorreu antes do duelo de sábado à noite. A equipe ainda não venceu na competição e termina a quarta rodada na zona de rebaixamento.

Renato, mais uma vez, usou frases de efeito para minimizar o começo sem vitórias. Voltou a opinar que seu time pratica o melhor futebol do Brasil, que os jogos de casa foram oscilações da equipe e prometeu:

— Daqui a pouco o Grêmio vai para o lugar dele, vai decolar. Quem está ao lado do Grêmio hoje que trate de decolar, porque é lá em cima que estaremos.

Confiança de Renato à parte, está claro que o time gaúcho se incomoda com a situação na tabela. Mas trata de tirar a pressão.

— Isso pesa, temos vontade de ganhar o mais rápido possível. Os jogos que não ganhamos, fizemos por onde. Temos uma equipe coesa e a vitória é questão de tempo — afirmou o zagueiro Geromel.

Luan, a novidade da partida, recebeu elogios do treinador, que lamentou a cobrança de falta efetuada pelo camisa 7 ter beijado o poste de Cássio. Apesar disso, evitou dar mais ênfase a atuações individuais, preferindo avaliar os jogadores como um todo.

— O Grêmio jogou bem, foi uma partida bastante tática, é difícil enfrentar a equipe do Carille. O resultado, em si, foi muito bom. Não é fácil sair daqui com pontos diante do Corinthians. O ruim é que demos mole dentro de casa — declarou o treinador.

lance polêmico do jogo também foi analisado. Renato entendeu que foi pênalti a bola no braço de Fágner, mas disse também que é preciso respeitar a interpretação do árbitro, principalmente após ter ido ao vídeo rever a cena. Everton concordou que o corintiano estava com o braço colado ao corpo. O diretor de futebol Alberto Guerra, porém, usou palavras mais duras:

— Se fosse para o Corinthians, teria voltado atrás?

Veio do dirigente, também, uma das principais informações da noite. Questionado sobre a contratação de um zagueiro, revelou:

— O Grêmio está perto (de contratar).

Ele não revelou nomes, mas, segundo apuração do repórter Rodrigo Oliveira, o jogador que tem negociação encaminhada não é um dos ventilados Gil (do Shandong Luneng, da China) e Luan Peres (do Club Brugge, da Bélgica).

Serão dias de especulação no mercado e matemática na tabela para o Grêmio.

Fonte: Gaúcha ZH

Deixe uma resposta