Pagamento com desconto do IPVA 2020 começa nesta terça-feira

0
324

Começa nesta terça-feira (17) o período para pagamento com desconto do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2020. Pelo calendário divulgado pelo governo do Estado, os contribuintes que optarem pela quitação antecipada têm como data-limite o dia 30 de dezembro. Os descontos poderão alcançar até 24,92%.

 

Neste período, o motorista terá redução de 3% no total do imposto e poderá se valer ainda do valor da Unidade de Padrão Fiscal (UPF-RS) nos patamares de 2019 — na virada do ano há atualização, estimada em 3,35%.

Quem não fizer a quitação antecipada também pode ter descontos no parcelamento do imposto. Para isso, precisa pagar a primeira parcela até 31 de janeiro. As próximas duas serão em fevereiro, até o dia 28, e março, até o dia 31. Os descontos são de 3% para a primeira parcela, 2% para a segunda e 1% para a terceira.

Em novembro, o Piratini chegou a anunciar o fim da possibilidade de parcelamento, mas voltou atrás diante da repercussão negativa.

Outra opção é pagar a totalidade do imposto até a data de vencimento por placas no mês de abril, porém sem descontos. Vale ressaltar que para o licenciamento de 2020 o seguro DPVAT está extinto, seguindo determinação de medida provisória assinada em novembro pelo presidente Jair Bolsonaro.

Melhor pagar ainda em 2019

Motoristas que pagarem o IPVA até o final do ano terão um alívio acima de 6% na conta em relação ao pagamento no prazo final, em abril. Além dos descontos por antecipação anunciados pelo governo do Estado para o calendário 2020 (de 3% em dezembro e janeiro, 2% em fevereiro e 1% em março), a quitação apenas no próximo ano implica peso extra de 3,35% na conta, uma vez que na virada do ano a Unidade de Padrão Fiscal do Rio Grande do Sul (UPF-RS), usada para calcular o imposto, recebe reajuste.

* As simulações são do consultor financeiro Adriano Severo com valores para modelos 2019, zero quilômetro, motor 1.0, com base em informações da Secretaria da Fazenda do Estado, do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos no Estado do Rio Grande do Sul (Sincodiv-RS) e da Tabela Fipe.

Fonte: Gaúcha ZH

 

Deixe uma resposta