Na edição do centenário Frinape não será regional

0
53

A Feira Regional, Industrial e Agropecuária de Erechim – Frinape 2018 não será mais regional. A notícia foi dada pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Altemir Barp, em uma entrevista exclusiva ao Grupo Atmosfera de Comunicação. No encontro ocorrido na manhã da última sexta-feira, 15, Barp também garantiu o repasse de R$ 1 milhão para a realização do evento e divulgou uma nova feira que começa a ser realizada em 2019.

O secretário de Desenvolvimento Econômico destacou que como este ano será marcado por atividades em celebração ao Centenário de Erechim, a Frinape não terá participação dos municípios da AMAU. “Será uma Frinape diferente. Só feita com nosso município de Erechim. Não vai ter nenhuma outra cidade. O município vai dar à nossa população uma grande feira, uma grande oportunidade inclusive com algumas coisas diferentes”, explica.

Barp também fez questão de garantir que a Administração Municipal vai repassar o recurso solicitado pela Associação Comercial, Cultural e Industrial de Erechim (ACCIE). “Eu tenho certeza que esse repasse de R$ 1 milhão, garantido pelo prefeito Luiz Francisco Schmidt, trará um grande evento, uma grande feira que a nossa população de Erechim merece. Questionamentos sempre vão ter. Se nós dermos dinheiro vamos ser questionados, se nós não dermos também seremos questionados. Nunca vamos contentar a todos, mas nós vamos tentar fazer o papel de deixar nossa cidade feliz sim”, declara.

Feira para a Educação

O secretário também falou sobre a realização de outras feiras em Erechim. A segunda edição da Feira Direto das Lojas, em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), será realizada em agosto, no prédio da antiga EMA. E as feiras Espaço Cozinha e Direto de Fábricas vão acontecer juntamente com a Semana Farroupilha. “Vamos fazer algo diferente este ano por ser os 100 anos. Vamos dar oportunidade para os pequenos empresários ficarem nove dias nessa feira com valores bem baixos, no mesmo modo que nós fizemos aqui na EMA”, garante.

Para início de 2019 Barp destaca a realização de uma feira voltada para o setor de Educação. “No próximo ano vamos dar oportunidade aos colégios para a compra do material. Faremos uma feira das livrarias acho que janeiro ou fevereiro antes das aulas iniciarem, sempre com o objetivo de estarmos incentivando o que é nosso, os nossos empreendedores”, conclui o secretário.

Fonte: Atmosfera online

Deixe uma resposta