Melhor do mundo em 2012, Neto tem tumor no cérebro e será operado

0
165

Eleito o melhor jogador de futsal do mundo pela Fifa em 2012, o fixo Neto tem um tumor no cérebro. O defensor, que atua no Kairat Almaty, do Cazaquistão, fez exames na sua cidade natal, Uberlândia-MG, antes de viajar para operação de emergência nesta sexta-feira, em São Paulo. Autor do gol do título que deu ao Brasil o heptacampeonato mundial em 2012, Neto passou mal em um treino da sua equipe há duas semanas e foi cortado dos amistosos da seleção brasileira na Catalunha. Na ocasião, a assessoria de imprensa da seleção divulgou que o motivo do corte foi por lesão, mas nesta quinta o blog Mundo do Futsal apurou que o problema era bem mais sério.

– Passei mal no treino do Kairat, tive uma convulsão e fiz exames. Detectaram um tumor no cérebro e vim ao Brasil fazer outros exames. Foi confirmado o tumor e serei operado amanhã para a retirada. Gostaria de pedir que todos orem por mim, e que por favor não me liguem nesse momento porque quero ficar com a minha família – afirmou Neto em contato rápido via WhatsApp com o comentarista do SporTV, Marcelo Rodrigues.

Revelado pelo Atlético-MG no fim dos anos 90, Neto passou também por Minas, Ulbra, InterMovistar (Espanha), Santos, Joinville, Gazprom-Ugra (Rússia), Corinthians, Split Tommy (Croácia), antes de chegar ao Kairat Almaty, do Cazaquistão. O jogador de 35 anos disputou os Mundiais de 2004 e 2012 pela seleção brasileira, sendo que foi convocado para a Copa do Mundo de 2008, mas foi cortado por lesão.

Procurada pelo GloboEsporte.com, a assessoria de imprensa de Neto informou que foi orientada pela família do jogador a não dar muitos detalhes sobre a cirurgia. A seleção brasileira de futsal também ainda não se manifestou sobre o assunto. Além da Bola de Ouro Fifa, Neto tem no currículo o prêmio de melhor defensor da Liga Nacional de Futsal nos anos de 2002, 2004 e 2011, quando atuou ao lado de Falcão no Santos.

Deixe uma resposta