Lava-Jato cumpre mandados em Porto Alegre

0
52

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta quarta-feira (8), a 61ª fase da Operação Lava-Jato. Estão sendo cumpridos três mandados de prisão preventiva e 41 de busca e apreensão em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba

Esta é a primeira vez que a Lava-Jato cumpre mandados diretamente na sede de um banco – no caso, o Banco Paulista S/A, em São Paulo. Na Capital gaúcha, são cumpridos dois mandados de busca e apreensão – um deles em um endereço na Rua Cabral.

De acordo com a PF, esta etapa da Lava-Jato apura um esquema de lavagem de dinheiro na instituição financeira. Os presos são executivos do Banco Paulista e foram identificados como Paulo Cesar Haenel Pereira Barreto, Tarcísio Rodrigues Joaquim e Gerson Luiz Mendes de Brito.

As investigações revelaram que ao menos R$ 48 milhões repassados pela Odebrecht, no Exterior, a seis executivos do “Setor de Operações Estruturadas” da empreiteira foram lavados entre 2009 e 2015 por meio da celebração de contratos ideologicamente falsos com o Banco Paulista. Outros repasses suspeitos a empresas aparentemente sem estrutura, na ordem de R$ 280 milhões, também são objeto da apuração.

A ofensiva recebeu o nome de “Disfarces de Mamom”, referência a uma passagem da Bíblia que diz que “ninguém pode servir a dois senhores” e que “não podeis servir a Deus e a Mamom”.

Fonte: Gaúcha ZH

Deixe uma resposta