Irã promete vingar a morte do general Soleimani “no momento e lugar apropriados”

0
48

Irã promete vingar a morte do general Soleimani “no momento e lugar apropriados”

Em um comunicado, o Conselho Supremo de Segurança Nacional iraniana, a mais alta instância desta área no país, elevou o tom após o bombardeio dos Estados Unidos que matou o influente general Qassem Soleimani e um líder pró-Teerã no aeroporto internacional de Bagdá. “A América deve saber que seu ataque criminoso contra o general Soleimani foi o mais grave erro do país. Estes criminosos sofrerão uma dura vingança no lugar e na hora certos”, declarou.

O texto segue a linha da declaração do guia supremo iraniano, o aiatolá Ali Khamenei, que pediu “severa vingança” pela morte de Soleimani. Ele já nomeou um substituto de Soleimani para liderar a Al-Quds, o general de brigada Esmail Qaani. “Não há nenhuma dúvida de que a grande nação do Irã e outras nações livres da região se vingarão por este crime horrível dos criminosos Estados Unidos”, prometeu o presidente iraniano, Hassan Rohani.

Além disso, a diplomacia iraniana convocou o embaixador da Suíça, que representa os interesses dos Estados Unidos em Teerã. O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, interrompeu sua viagem à Grécia para retornar em caráter de urgência ao país. Na capital iraniana, milhares de pessoas saíram às ruas para protestar contra os “crimes” americanos e gritaram frases como “Morte aos Estados Unidos”.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta