Grêmio vence Fluminense com boa atuação e está nas quartas da Copa do Brasil

0
84

Grêmio vence Fluminense com boa atuação e está nas quartas da Copa do Brasil

O Grêmio aproveitou a vantagem no placar, ainda antes do apito inicial, e a numérica, com a bola rolando, para vencer de forma tranquila o Fluminense, nesta quarta-feira. Com boa atuação e a vitória por 2 a 0, avançou em pleno Maracanã às quartas de final da Copa do Brasil. Agora o foco tricolor volta ao Brasileirão, onde enfrentará o Vasco, neste domingo na Arena.

O Tricolor se postou bem para contra-atacar no primeiro tempo, mas logo no início teve a partida facilitada pela expulsão de Nogueira. O lance polêmico deu o espaço para o time gaúcho tocar a bola e fazer placar ainda na etapa inicial com grande apresentação técnica e tática.

Logo aos três minutos, o Flu ameaçou em falta cobrada por Scarpa. A bola ficou viva na marca do pênalti e Marcelo Grohe afastou esquisito. O mesmo lance, contudo, gerou um contragolpe de consequências definitivas para a partida. Luan saiu em velocidade no meio e foi derrubado por um carrinho por trás de Nogueira. O árbitro não pestanejou e expulsou o jogador carioca.

Expulsão desarma o Flu

Foi tudo o que os comandados de Renato Portaluppi precisavam para mandar na partida a partir daí. Aos 13 minutos, o time fez linha de passes na área do Fluminense até a bola chegar para Ramiro. O volante cruzou na cabeça de Pedro Rocha, que desviou para fora.

Quatro minutos depois, um golaço de Luan decretou o 1 a 0 inevitável do Grêmio. Barrios tabelou com Ramiro e deixou Luan livre na meia-lua. Com muita qualidade, ele ajeitou e chutou com efeito no ângulo direito, sem chances para Diego Cavalieri. E o placar quase aumentou aos 20 minutos. Barrios foi lançado na área, driblou dois marcadores e ainda fez uma meia-lua em Cavalieri. Só que na hora de escorar para o gol, errou a mira, com a bola passando caprichosamente perto do poste esquerdo.

Só que o 2 a 0 estava logo ali. Léo Moura recebeu na direita e fez lindo lançamento na área. Pedro Rocha dominou, foi para cima de Cavalieri e entortou o goleiro, para em seguida empurrar para o fundo das redes.

Apenas aos 32 minutos é que o Fluminense foi ensaiar um chute a gol. A bola foi cruzada na área, Geromel tirou com as costas e Richarlison chutou de primeira no rebote, mas mandou à esquerda do gol. Aos 44, Douglas cobrou escanteio no primeiro pau, a zaga gremista não foi e Richarlison tentou o voleio, mas a bola saiu alta, mantendo o 2 a 0 tranquilo para o Tricolor.

Gremistas controlam o segundo tempo

A segunda etapa teve o Fluminense mais organizado, sem dar todo aquele espaço para o Grêmio. Mas aí o Tricolor tocou bem a bola e gastou o tempo no gramado, aproveitando a vantagem no placar. Ainda assim, aos sete minutos teve uma grande chance. Ramiro desviou de cabeça o cruzamento de Arthur e escorou para Barrios. O centroavante chutou de voleio e a bola desviou na mão do zagueiro. Parecia que ia entrar, mas Cavalieri se recuperou para pegar.

O Fluminense respondeu com Wendell aos nove minutos. Ele levantou na área e Henrique cabeceou na forquilha do ângulo esquerdo, mas a bola estourou no travessão.

Aos 19, Pedro Rocha quase conseguiu marcar. Arthur levantou para o atacante, que chutou com endereço certo, mas Barrios não conseguiu sair do caminho e viu abola bater em suas pernas rumo ao tiro de meta.

O jogo diminuiu a marcha, com o Flu muito vaiado e, aparentemente, sem maior poder de reação. Voltou a ter movimentação aos 39 minutos, após a entrada de Gastón Fernández no lugar de Luan: Léo Moura lançou Ramiro, que cruzou para Barrios. O centroavante fez um lindo corta-luz e deixou Gaston na cara do gol. O meia chutou forte, mas para fora.

Copa do Brasil – Oitavas de final

Fluminense 0

Diego Cavalieri, Lucas, Nogueira, Henrique e Léo; Douglas(Luiz Fernando), Orejuela, Wendel(Renato) e Gustavo Scarpa(Reginaldo); Richarlison e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.

Grêmio 2

Marcelo Grohe, Léo Moura, Kannemann(Bressan), Geromel(Rafael Thyere) e Cortez; Michel, Arthur, Ramiro e Luan(Gastón Fernández);Pedro Rocha e Lucas Barrios. Técnico: Renato Gaúcho.

Gols: Luan (17min/1ºT) e Pedro Rocha (28min/1ºT), para o Grêmio.

Cartões Amarelos: Henrique, Henrique Dourado, Richarlison (F);Kanneman, Rafael Thyere, Ramiro (G).

Cartão Vermelho: Nogueira(Flu).

Arbitragem: Thiago Duarte Peixoto (SP), com Rogério Pablos Zanardo (SP) e Herman Brumel Vani (SP).

Público: 19.445 pagantes.

Local: Maracanã.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta