Grêmio bate o Fluminense na Arena e segue na terceira colocação

0
50
Gremio x Fluminense
O Grêmio entrou em campo na tarde deste domingo para enfrentar o Fluminense, no jogo válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Venceu pelo placar de 1 a 0.
O primeiro tempo foi de domínio gremista, que teve maior volume de jogo, chegando a criar grandes oportunidades e chances claras de gol, só parou nas boas defesas de Diego Cavalieri.
Já o Fluminense voltou melhor na etapa complementar e conseguiu levar perigo a meta tricolor. Acertou a trave e obrigou Marcelo Grohe a fazer boas defesas. O Grêmio mudou – Jailson, Jean Pyerre e Beto da Silva ocuparam os lugares de Cristian, Patrick e Jael. E aos 40 minutos foi quando o gol saiu. Em jogada pela esquerda, Everton cruzou para a área, a bola raspou no braço de Orejuela, e a sobra ficou com Beto da Silva, que desviou e mandou para o fundo das redes.
Com o resultado, o Tricolor segue na terceira colocação, mas soma três pontos, chegando a 46 na competição.
Escalação: Marcelo Grohe, Léo Moura, Geromel, Bruno Rodrigo, Bruno Cortez, Cristian, Arthur, Ramiro, Patrick, Everton, Jael.
Banco: Paulo Victor, Leonardo, Rafael Thyere, Marcelo Oliveira, Jailson, Kaio, Machado, Jean Pyerre, Beto da Silva e Dionathã.
A arbitragem do jogo foi comandada por Rafael Traci, auxiliado por Ivan Carlos Bohn e Pedro Martinelli Christino.

O jogo:
Primeiro Tempo
A saída de jogo foi do Grêmio, mas quem chegou primeiro foi o Flu, com Lucas recebendo passe de Scarpa na ponta direita, mas o cruzamento foi direto nas mãos de Marcelo Grohe. O Tricolor respondeu e desceu pela esquerda com Everton, mas o atacante teve que recuar. Geromel recebeu e lançou Jael, impedido.
Aos 7 minutos o Grêmio perdeu um gol claro. Ramiro recebeu cruzamento dentro da área, na marca pena e ajeitou de cabeça para Jael, que chutou de primeira, sozinho. Mandou por sobre a meta.
O Fluminense teve uma boa chance com uma cobrança de falta na ponta esquerda. Scarpa mandou direto na área, mas Marcelo Grohe saiu de soco e afastou o perigo.
Em novo lance, o estreante na partida, Cristian, recebeu um passe na intermediária e chutou de longe. Cavalieri fez a defesa.
O Grêmio chegou novamente, mas pela direita com Léo Moura. O lateral fez um cruzamento na área, mas zaga afastou e mandou para escanteio. Patrick cobrou na área, Jael desviou de cabeça e Everton finalizou duas vezes. O goleiro do time carioca conseguiu duas grandes defesas aos 15 minutos.
Mais uma vez no ataque, Everton avançou pela esquerda e cruzou. Ramiro recebeu na área e mandou uma bomba, mas Diego Cavalieri fez outra boa defesa. Ainda pressionando, o Grêmio seguiu com Léo Moura na direita. O lateral fez um novo lançamento na área, Jael desviou e tirou a bola de Everton, que chegava para finalizar.
Uma grande jogada se desenhou com Patrick, que avançou pelo meio e serviu Everton na área, mas o atacante caiu e a bola se perdeu pela linha de fundo. Em seguida, o Tricolor sofreu uma falta com Ramiro, na intermediária de ataque. Jael foi para a cobrança, pegou mal e mandou sem direção, pra fora, com 26 minutos.
Aos 35 minutos, uma grande jogada gremista resultou no gol de Patrick, mas que ao final foi anulado pela arbitragem. De pé em pé, o Tricolor trabalhou bem a bola até chegar a Léo Moura. O lateral recebeu e ajeitou de calcanhar para o meia, que chutou a gol, balançando as redes da meta adversária. Gol anulado por impedimento que não existiu.
O Fluminense tentou com Scarpa, que da direita cruzou na área, buscando Sornoza. Marcelo Grohe saiu bem e segurou firme. O Grêmio respondeu no minuto seguinte. Bruno Cortez desceu pela esquerda e cruzou na cabeça de Patrick. O garoto mandou a gol para mais uma grande defesa de Cavalieri, aos 44′.
Jogo finalizou aos 46 minutos.

Segundo Tempo
O Grêmio voltou a campo com a seguinte alteração: Saiu Cristian, entrou Jailson e iniciou pressionando já antes do primeiro minuto. Everton recebeu na área e finalizou, mas Diego Cavalieri segurou firme e colocou a bola em jogo para o Flu.
Em lance seguinte, Patrick recebia passe na área, quando foi derrubado por Reginaldo, que cortou pra escanteio. Léo Moura colocou no primeiro poste, mas a zaga cortou.
Aos 7′, os cariocas chegaram com muito perigo. Douglas fez boa e acionou Dourado, que chutou cruzado. Grohe desviou, a bola ainda bateu na trave e saiu a escanteio. Scarpa cobrou e Marcelo fez mais uma grande defesa. No lance seguinte, Scarpa colocou de novo na área, e Reginaldo cabeceou. Sorte que para fora.
Substituição: Saiu Patrick, entrou Jean Pyerre, aos 8′.
Aos 10 minutos, quando Grêmio chegava pelo meio, Everton foi derrubado perto da área. Na cobrança, Ramiro mandou a gol, Cavalieri espalmou. Na sobra, Everton dominou no peito, Lucas derrubou o atacante, que caiu dentro da área. Nada assinalado.
O Fluminense chegou com Scarpa, que passou pela marcação no meio e chutou de longa distância. Pra fora.
Rodando a bola, o Tricolor chegou aos 17 minutos. Cortez recebeu na esquerda e cruzou na área. Jael cabeceou, mas para fora. No lance seguinte, Everton recebeu e finalizou, mas bateu fraco, facilitando a defesa do goleiro carioca.
O Grêmio ameaçou novamente com um chute de longe de Jean Pyerre. O meia mandou a gol, mas a bola se perdeu pela linha de fundo.
Depois de trocar passes da esquerda para o meio, Jailson recebeu a bola e chutou. Carimbou a marcação, que desviou pela linha de fundo. Léo Moura cobrou o escanteio que foi afastado de cabeça por Reginaldo.
O time visitante teve uma falta a seu favor na ponta esquerda, aos 22 minutos. Sornoza colocou no primeiro poste, Marcelo Grohe saiu de soco e afastou.
Dois minutos depois, o Grêmio chegou de novo. Everton recebeu dentro da área, puxou pra direita e chutou. Diego fez mais uma defesa. No lance seguinte, Jael foi derrubado dentro da área, nada assinalado.
Substituição: Saiu Jael, entrou Beto da Silva, aos 32 minutos.
Outra chance gremista surgiu aos 35′. Cortez desceu pela esquerda e cruzou, mas zaga mandou a escanteio. Na cobrança, Jean Pyerre mandou na área, Bruno Rodrigo desviou e Everton não conseguiu completar.
Quando o Tricolor chegava pelo meio, Everton foi barrado por Frazan na entrada da área. Falta. Jean Pyerre cobrou, mas a bola explodiu na barreira, após bater em Dourado. Na cobrança de escanteio, Jean mandou no veneno, mas Frazan afastou novamente.
E o gol gremista saiu aos 40 minutos. Everton cruzou para a área, a bola raspou no braço de Orejuela, e a sobra ficou com Beto da Silva, que desviou e mandou para o fundo das redes.
Jogo finalizou aos 48 minutos.
Fonte: Jornal Bom Dia

Deixe uma resposta