Governo do RS encaminha projeto prevendo indenização a servidores por parcelamento de salários.

0
37
O governo do Rio Grande do Sul encaminhou à Assembleia Legislativa um projeto prevendo o pagamento de uma indenização para servidores públicos e pensionistas da rede estadual devido ao parcelamento dos salários, conforme anúncio feito na tarde desta terça-feira (26) no Palácio Piratini, em Porto Alegre. Um dos objetivos é evitar que sejam ajuizadas na Justiça ações contra o Estado contestando a medida.
Segundo Branco, o valor a ser indenizado será calculado conforme o índice da poupança, e o pagamento será retroativo ao início do parcelamento, em julho de 2015. “Achamos que a poupança é um indicador bastante compreendido pela população, pelo conjunto de servidores públicos das 350 mil matriculas e 315 mil pessoas que são servidores do estado, e imaginamos que isso seria o mais razoável”, disse o secretário da Fazenda, Giovani Feltes.
O projeto foi encaminhado em regime de urgência para o Legislativo. “A medida tem como objetivo evitar mais prejuízos aos servidores públicos, diante das atuais circunstâncias do Tesouro do Estado”, afirmou o chefe da Casa Civil, Fábio Branco.
Ainda segundo o secretário, o Piratini enviou à Assembleia um pedido de urgência sobre um projeto nos mesmos moldes referente ao pagamento do 13º salário. Ao todo, serão gastos pelo governo cerca de R$ 68 milhões, sendo R$ 26,2 milhões relativos aos salários mensais e outros R$ 41,5 milhões pelo 13º. Os recursos serão retirados de fontes de receitas extraordinárias “que ainda restam”, segundo Feltes.
De acordo com o secretário de Planejamento, Governança e Gestão, Carlos Búrigo, o governo sempre priorizou o salário dos servidores apesar das dificuldades financeiras. “Nos 21 meses de parcelamento, o pagamento foi feito dentro do mês. Na maioria das vezes, na primeira quinzena de cada mês”, afirmou.
Fonte: G1 RS

Deixe uma resposta