Forte terremoto obriga evacuação de 4 mil pessoas no Chile

0
517
Navy personnel urge people to evacuate to local schools in Calbuco, 56 km from the city of Puerto Montt on the Pacific coast of southern Chile, due to a tsunami alert after a 7.7-magnitude earthquake on December 25, 2016. A strong Christmas day earthquake rattled Chile on Sunday, registering 7.7 on the Moment Magnitude Scale, according to US seismologists, who warned that tsunamis were possible in some areas. No victims were reported. / AFP PHOTO / Nicolas Klein Torres

Um terremoto de 7.6 graus na escala Richter atingiu neste domingo o sul do Chile e provocou um alerta de tsunami em cinco regiões, sem deixar vítimas, mas provocando alguns danos em estradas e casas, indicou o Escritório Nacional de Emergência (Onemi).

O terremoto ocorreu às 11h22min local (12h22min de Brasília) 67 km a noroeste da cidade de Melinka, na Ilha de Chiloé, localizada em frente à costa da região de Los Lagos (1.021 km ao sul de Santiago) a uma profundidade de 20 km.

Inicialmente, as autoridades lançaram um alerta de tsunami que gerou a evacuação de cerca de 4 mil pessoas nas áreas costeiras da Região dos Lagos. Três horas depois, o estado de precaução foi cancelado em todo o país.

— O estado de precaução está cancelado em todo o Chile — declarou Ricardo Toro, diretor da Onemi, em entrevista coletiva.

Nos primeiros minutos após o terremoto, houve cortes de energia elétrica e de linhas telefônicas. Algumas casas também sofreram danos com a queda de objetos. Estradas que conectam a ilha ao continente sofreram danos consideráveis, que provocaram rombos nas pistas.

“Muita força e ânimo aos compatriotas afetados pelo sismo em Chiloé e outras zonas do sul! Protocolos de emergência já estão operando”.

O terremoto preocupou a população, que publicou imediatamente vídeos nas redes sociais nos quais se via o forte movimento de lâmpadas e móveis, além da queda de produtos das prateleiras dos supermercados.

O Chile é um dos países mais sísmicos do mundo e tem implementado rigorosas regras para a construção civil resistente aos tremores.

Em setembro do ano passado, um terremoto de 8.4 graus na escala Richter seguido de um tsunami abalou a região de Coquimbo, matando 15 pessoas.

Em 2010, um outro terremoto de 8.8 também seguido de um tsunami, atingiu o centro e sul do país, deixando mais de 500 mortos.

Deixe uma resposta