Empresa é multada por lançar resíduos tóxicos em rio no RS

0
471

Empresa é multada por lançar resíduos tóxicos em rio no RS
A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) do Rio Grande do Sul, a Corsan, e a Secretaria do Meio Ambiente de Santa Rosa, no Noroeste do estado, confirmaram que foram lançados resíduos industriais nas águas do Rio Pessegueirinho. A empresa responsável foi multada.
Em agosto de 2016 centenas de peixes morreram no rio que corta a cidade. A prefeitura fez vistorias ao lado de órgãos ambientais e monitorou a água. Análises laboratoriais confirmaram a presença de produtos tóxicos. Conforme o secretário de Meio Ambiente da cidade, Marcos Scherer, foram encontrados resíduos de agrotóxicos.
“Amônia, que é um produto usado na higienização e limpeza, também o nível de oxigênio da água era muito baixo, e a poderia causar a mortandade de peixes”, afirma Scherer.
A coloração branca da água chamou a atenção dos habitantes da cidade e dos órgãos de proteção. Conforme o secretário, foi constatado que o ponto de lançamento era próximo de uma indústria, que tinha licenciamento da Fepam para operar.
A fundação, por sua vez, autuou a empresa, solicitando ainda que a empresa parasse de lançar efluentes. A empresa tem até o dia 10 de janeiro para apresentar defesa à Fepam.
“Trata-se da empresa Camera e, e obviamente, o trabalho não se encerra aqui. Até porque, geograficamente, onde a empresa está localizada, existe, sim uma emergência de diversas outras emissões, desde a região central aqui da área urbana do município, que passa e deságua no Pessegueirinho. E há uma carga de despejo de esgoto sanitário exacerbada neste trecho do rio”, afirma o gerente da Fepam, Elenir Linauer.
O valor da multa aplicada é de R$ 14 mil, podendo ser ampliado para R$ 28 mil, caso a empresa não cumpra as exigências e adequações. A empresa informou que vai esperar para ver o teor do processo para analisar os dados, e que só depois vai apresentar defesa.

Fonte: Jornal G1

Deixe uma resposta