Criminosos incendeiam ônibus e passageiros ficam feridos em Canoas

0
88

Cerca de quatro criminosos invadiram o terminal Mathias Velho, em Canoas, na Região Metropolitana, e atearam fogo a um ônibus no início da madrugada desta terça-feira (27). Segundo a polícia, ao menos 14 pessoas ficaram feridas, uma delas em estado grave.

De acordo com a Brigada Militar, os criminosos, que usavam toucas, chegaram em um Palio, por volta das 23h50min de segunda-feira (26), e um deles entrou no coletivo e jogou combustível no veículo. Os bandidos teriam mandado os cerca de 15 passageiros — além do motorista, do operador e de um fiscal — saírem do ônibus.

Houve confusão, e algumas pessoas se machucaram ao tentar fugir. Conforme o comandante do 15º Batalhão da BM, tenente-coronel Jorge Dirceu Filho, algumas delas tiveram cortes na pele ao tentar sair pelas janelas.

Segundo o boletim de ocorrência, 14 pessoas procuraram atendimento hospitalar. O comandante Dirceu Filho diz ainda que entre elas está um idoso que foi encaminhado em estado grave ao hospital por ter inalado grande quantidade de fumaça.

— Não sabemos se eles estavam armados. Estamos buscando informação sobre câmeras que possam ter registrado a ação, mas o ônibus não contava com o equipamento — relata.

O Corpo de Bombeiros informa que controlou o fogo rapidamente. Segundo a corporação, uma mulher grávida foi levada para atendimento — ela apresentou complicações em um dos pés por ter descido às pressas do veículo.

Os criminosos fugiram no Palio e ninguém foi preso até o momento. A ocorrência foi registrada como tentativa de homicídio no plantão da delegacia de Polícia Civil em Canoas.

Durante a madrugada, uma perícia preliminar foi realizada no local. Parte do terminal permanece isolado, mas o veículo incendiado já foi removido.

Os ônibus circulam normalmente na manhã desta terça na cidade. Apenas a Vicasa alterou os pontos de embarque e desembarque, para uma rua lateral ao terminal Mathias Velho, que fica ao lado da estação do Trensurb.

Fonte: Gaúcha ZH

Deixe uma resposta