Conheça os possíveis adversários do Grêmio na final da Libertadores da América

0
46

O Grêmio foi superior no primeiro jogo contra o Barcelona de Guayaquil. Com a vitória por 3 a 0 no Equador, o time gaúcho garantiu a vantagem e precisa apenas de um empate para se classificar para a tão sonhada final da Libertadores da América.

Pela outra semifinal, River Plate e Lanús realizaram um jogo equilibrado na terça-feira (24), onde o River marcou o seu gol no final do segundo tempo, vencendo o jogo por 1 a 0. Com o resultado em aberto, tudo pode acontecer no jogo de volta. As duas equipes argentinas voltam a se enfrentar na terça-feira (31), às 22h15 no Estádio La Fortaleza.

No futebol não podemos escolher o adversário, mas podemos analisar o desempenho e as características dos clubes argentinos ao longo desta temporada. Os dois times garantiram a classificação em primeiro lugar nos seus respectivos grupos.

Pelo grupo 3, o River Plate conquistou 13 pontos. Com quatro vitórias, um empate e uma derrota. A equipe não teve conhecimento dos seus adversários, e sem nenhuma dificuldade garantiu a classificação para as oitavas de final. O adversário da vez seria o Guarani do Paraguai. Jogando na casa do adversário, los milionarios garantiram a vitória por 2 a 0, e com o apoio de sua torcida, empataram em 1 a 1 no jogo de volta. E foi nas quartas de final que o torcedor argentino sofreu com o time. Após perder o primeiro jogo por 3 a 0 para o Jorge Wilstermann, o River Plate mostrou que o futebol é uma caixinha de surpresas. E no jogo da volta conseguiu reverter o placar desfavorável e venceu os bolivianos por 8 a 0.

O Lanús é o time sensação da competição. Chegou de mansinho e após perder o primeiro jogo da fase de grupos, a equipe mostrou o verdadeiro motivo dos argentinos serem tão temidos na competição sul-americana. Além de garantir o primeiro lugar do grupo 7, o time garantiu o segundo lugar na melhor campanha da Libertadores, ficando atrás do Atlético Mineiro. O desempenho da equipe granatetambém foi de “tirar o chapéu”. Assim como o River, a equipe obteve quatro vitórias, um empate e apenas uma derrota, somando 13 pontos. Nas oitavas de final, o adversário era o The Strongest, time catimbeiro e que apesar de não ser muito conhecido, já eliminou equipes brasileiras em outras edições da competição. Após empatar o primeiro jogo em 1 a 1, o Lanús garantiu a classificação após vencer o jogo de volta. Nas quartas de final, o temido San Lorenzo foi uma pedra no caminho do time comandado por Jorge Almirón. Após perder o jogo por 2 a 0 e vencer o da volta pelo mesmo placar, a decisão aconteceu através das penalidades. Ao garantir a vitória por 4 a 3, o Lanús se classificou para a semifinal da competição.

A vitória do River Plate interessa aos torcedores gremistas, isso porque se conseguir reverter o placar e se classificar para a final, o Lanús realizará o segundo jogo da decisão em sua casa. Se a classificação do River acontecer, a Arena do Grêmio será palco de sua primeira decisão na Libertadores da América.

Fonte: Jornal Bom Dia

Deixe uma resposta