Comitiva de Prefeitos da Amau participam de audiências em Brasília

0
179

Uma comitiva de prefeitos liderada pelo presidente da AMAU e prefeito de Jacutinga, Beto Bordin, está participando nesta semana de várias audiências na capital Federal, tratando de assuntos de interesse da região.
Estão participando desta comitiva os prefeitos de Ipiranga do Sul, Mario Luiz Ceron, de Campinas do Sul, Neri Mantepó, de Charrua, Valdesio Roque Della Betta, de Barão de Cotegipe, Vladimir Luiz Farina e o vereador de Jacutinga, Marcio Sommer.

Nesta terça-feira, 07, os prefeitos da AMAU estiveram reunidos com os prefeitos da AMPLA (Associação de Municípios do Planalto), da região de Passo Fundo, trocando ideias e buscando soluções para o Norte do Estado (Planalto e Alto Uruguai). Em pauta, as lideranças buscam a pavimentação asfáltica da BR 153, a conhecida Transbrasiliana, que liga Erechim a Passo Fundo.

Na primeira audiência estiveram reunidos com a bancada gaúcha federal, na presença de alguns Deputados, reiterando o apoio dos parlamentares para viabilização do asfalto na Transbrasiliana.

Em seguida, no DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), reuniram-se com o diretor, Roberto Borges, onde foram apresentadas as razões pelas quais se entende que é fundamental e necessário a conclusão da BR 153, e solicitou-se urgência neste assunto. O diretor Roberto, prontamente informou que vai entregar à diretoria, assim como ao diretor presidente do DNIT. Ficou acordado, que o DNIT irá apresentar o mais breve possível, um briefing, uma síntese da situação que está o projeto.

Para o presidente da AMAU, Beto Bordin, uma das sugestões e soluções seja a inclusão no orçamento da União desta rubrica, e aprovação do projeto para que essa obra de cerca de 68 km que liga Passo Fundo a Erechim, seja executada e atenda uma das reinvindicações da região.

Além das audiências, os prefeitos estão viabilizando recursos federais para os municípios, através das emendas com os parlamentares e também nos Ministérios.

Deixe uma resposta