Campanha usa futebol para prevenir contra o câncer de próstata

0
34

Uma campanha inovadora, que apela para a maior paixão nacional no Brasil – o futebol – foi criada pela Fundação do Câncer em celebração ao Novembro Azul. A meta é convocar os homens a cuidarem da saúde e se prevenir contra o câncer de próstata. 

A iniciativa se reveste de importância depois que pesquisa da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) constatou que 55% dos homens deixaram de ir a consultas ou de seguir tratamentos médicos devido à pandemia do novo coronavírus.

Ao longo do mês de novembro, durante o Campeonato Novembro Azul, o Prevenção Atlético Clube, time da Fundação do Câncer, vai enfrentar nas redes sociais da entidade adversários que constituem fatores de risco para o câncer de próstata. São eles o F.C. Sobrepeso, Associação Atlética Idade +50, Má Alimentação United F.C., Clube de Regatas do Histórico Familiar e Sedentarismo Futebol Clube.

Já está nas redes da fundação o primeiro jogo, no qual o Prevenção Atlético Clube derrotou o Sedentarismo Futebol Clube. A analista de captação de recursos da Fundação do Câncer, Laís Gallier, disse hoje (19) à Agência Brasil, no Rio de Janeiro, que a meta é chamar a atenção do público-alvo, para quem o futebol é assunto constante de debate, sobre a atenção que deve ser dada à questão da saúde masculina. 

As partidas que serão realizadas durante toda a semana que vem e poderão ser acompanhadas no Facebook e no Instagram da Fundação do Câncer.

Cuidados com a saúde

“A campanha é online por conta da covid-19 e do distanciamento social. Ao criarmos o Prevenção Atlético Clube, a intenção é que os homens prestem atenção ao conteúdo e importância do cuidado com a saúde e levem essa mensagem para a vida”, comentou Laís.

Explicou que as partidas são narrados pelo locutor Evaldo José como se fossem disputas normais de futebol. O Prevenção Atlético Clube vai derrotar os times adversários com formas de combatê-los. No caso do Sedentarismo Futebol Clube, os jogadores usados pelo time da Fundação do Câncer que se destacaram foram musculação e corrida. 

“Todos os nossos jogadores são formas de combater esses adversários dos fatores de risco para o câncer de próstata e para a saúde do homem como um todo”, informou Laís.

Serão ao todo cinco jogos. Ela disse, ainda, que a ideia é que o time da casa vença todas as partidas, para mostrar que o campeonato contra os fatores de risco pode ser ganho com a prevenção. A exceção será o jogo contra a Associação Atlética Idade +50. Nesse caso, haverá empate. “A gente quer mostrar que mesmo que o homem esteja mais velho, ele pode ter saúde”.

Hábitos saudáveis

O diretor executivo da Fundação do Câncer, Luiz Augusto Maltoni, ressaltou que a campanha visa conscientizar o maior número de pessoas sobre a importância da adoção de hábitos saudáveis, que são a principal forma de prevenir diversas doenças, entre elas o câncer. “Estamos tratando um assunto da maior seriedade de forma lúdica, de forma a ampliar o alcance da nossa mensagem”, disse.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), o câncer de próstata é o segundo mais prevalente entre os homens, perdendo apenas para o câncer de pele não melanoma. O Inca estima cerca de 66 mil novos casos de câncer de próstata em 2020. Não há ainda como medir o impacto que a pandemia do novo coronavírus terá em termos de aumento de novos casos. 

Por isso, a Fundação do Câncer destaca que é importante que os homens estejam atentos aos sintomas que podem indicar o câncer de próstata e procurem um urologista. “As chances de cura do câncer de próstata são muito elevadas, acima de 90%, quando o tumor é diagnosticado e tratado precocemente”, afirmou o consultor médico da Fundação do Câncer, Alfredo Scaff.

Sintomas

Dificuldade de urinar ou o aumento da frequência urinária, principalmente durante a noite, são os principais sintomas decorrentes do aumento da próstata. Os especialistas advertem que apresentar esses sintomas não significa que o paciente tenha câncer. Mas os homens com idade acima de 50 anos devem estar atentos a eventuais sintomas urinários que fogem da rotina. Devem procurar ajuda de um urologista.

Para prevenir o câncer de próstata, a recomendação é evitar o sobrepeso, o sedentarismo, fazer uma dieta saudável, com baixa gordura, e muitos legumes e vegetais, além de praticar atividades físicas e fazer visitas frequentes ao médico. 

Fonte: Agência Brasil

Deixe uma resposta