Artilheiro e iluminado, Guerrero assume protagonismo no Inter

0
138

O narrador da Gaúcha, Marcelo De Bona, batizou Paolo Guerrero de Iluminado. O peruano foi o protagonista no Beira-Rio. Marcou dois gols para encaminhar a vaga do Inter para as quartas da Copa do Brasil. Chegou a marca de sete gols em dez jogos. Já é o artilheiro colorado na temporada.

O primeiro gol veio com um chutaço após uma triangulação de alta qualidade entre D’Alessandro, Nico López e Guerrero. O Papão chegou a assustar, empatando no início da etapa final.

Na volta do vestiário, o posicionamento foi diferente. A jogada do gol paraense saiu nas costas de Zeca, substituído por Guilherme Parede, que entrou bem na partida e teve boas chances de marcar. Edenilson foi para a lateral direita. Mexida interessante executada por Odair Hellmann, que também corrigiu o posicionamento de D’Ale no segundo tempo.

O Inter voltou a ficar na frente com Lindoso. O camisa 9 ainda ampliou para 3 a 1 de cabeça, confirmando a supremacia na bola aérea. É evidente a evolução neste quesito do time de Odair Hellmann.

Vale destacar também outras figuras importantes na noite chuvosa em Porto Alegre. Edenilson e Nonato mantiveram o padrão. Nico López não deixou sua marca no placar, mas mantém a regularidade como figura importante no ataque. Vale também registrar que Iago se apresentou bastante no apoio pelo lado esquerdo.

Agora, o Colorado pode perder por até um gol de diferença em Belém. É possível até mesmo poupar alguns titulares mais desgastados pela vantagem conquistada em casa.

Em resumo: foi uma vitória que confirma a evolução e a maturidade do Inter no atual momento. Claro que devemos dar o desconto pela qualidade inferior do adversário. Só que é evidente que, contra rivais de poderio parecido com o Paysandu, a equipe colorada encontrava dificuldades.

Fonte: Gaúcha ZH

Deixe uma resposta