A força do Inter no Beira-Rio é impressionante

0
47

O estádio, a torcida, a cidade. O Inter no Beira-Rio, na frente da sua torcida, na cidade de Porto Alegre, é praticamente imbatível. Perdeu só para o Atlético-MG, no ano passado, no conjunto de 19 jogos disputados no Brasileirão. Na Libertadores, ninguém ganhou do Inter no seu estádio. E o time confirma a boa fase em seus domínios no campeonato nacional.

Por aqui, passaram duas grandes forças do futebol brasileiro. Os milionários Flamengo e Cruzeiro foram, inapelavelmente, derrotados pelo time colorado.

Se Odair Helmann conseguir dar mais competitividade ao seu time nos jogos fora, o Inter será grande candidato ao título. Quem foi ver Dedé e Fred acabou vendo Rodrigo Moledo e Guerrero. Deu para ver também Nonato, Sobis, D’Alessandro e Odair, um treinador que muitos torcedores não gostam ainda, mas que leva o Inter de forma muito qualificada.

Grande vitória colorada no clássico brasileiro. Agora, uma semana para treinar e esperar pelo CSA no próximo domingo.

Edilson

Um jogador talentoso, de grande capacidade técnica, mas com problemas disciplinares flagrantes. Reage muito mal aos resultados negativos e comete absurdos condenáveis. Neste domingo (12), teve atitude criminosa com Nico López, atingindo o jogador colorado, propositalmente, no rosto. Atitude inaceitável entre colegas de profissão.

Entrevista

Mano Menezes atingiu um grau de profissionalismo muito alto. Não desculpou seu time de erros primários cometidos, reconheceu a ampla superioridade colorada. Não passou a mão por cima de ninguém. E quanto a Edilson, não justificou a grosseria deste jogador. Não foi o profissional que culpava arbitragem, imprensa ou CBF. Este Mano Menezes é uma grande novidade.

Fonte: Gaúcha ZH

Deixe uma resposta